Tirinha – Tchau 2016!

Tchau 2016
Tchau 2016

O ano de 2016 não foi nada fácil. Muitas mudanças, cortes, discussões… Só restava a nós esperar que o ano acabasse. Fizemos tudo direitinho: pulamos 7 ondinhas, comemos romã, ficamos longe do frango no jantar de reveilón.

Tchau 2016!

Chegou 2017 e parece que pouco mudou. O jeito é esperar que a essa “lama” que 2016 deixou seja limpa. Vamos torcer e nos mexer!

Sorteio “Quem quer ganhar uma caricatura?”

No dia 07 de março de 2016, foi realizado um sorteio na FanPage da Ilustrativo. Aquele que a curtisse, compartilhasse o post e se cadastrasse no sorteio estaria concorrendo a uma Caricatura.

Sorteio da caricatura
Resultado do sorteio

A ganhadora foi a Teresa, que nos enviou uma foto e abaixo está o resultado. Parabéns Teresa!

Se você também quiser participar de nossos futuros sorteios, entre em nossa fan page e nos curta!

Encomende sua caricatura conosco! Nos peça um orçamento!

Caricatura da Teresa, ganhadora do sorteio
Caricatura da Teresa, ganhadora do sorteio

Comemoração Mauricio de Sousa 80 anos

Mauricio de Sousa 80 anos
Mauricio de Sousa 80 anos

Em 2015 o jovem Mauricio de Sousa completou 80 anos. Pai da Turma da Mônica, no papel e na vida real (10 filhos incluindo Mônica e Magali), é um dos artistas brasileiros mais conhecidos em todo o mundo. Quando pequeno achava incrível as fotos que apareciam em seus almanaques em que ele aparecia junto a artistas internacionais como Will Eisner, Osamu Tezuka, Hergé e outros. E essa fama fora do Brasil realmente era impressionante em uma época em que não trocávamos e-mails, comentávamos no twitter, postávamos no Facebook.

Empreendedor inovador, Mauricio de Sousa lançou desenhos animados que lotavam salas de cinema, parques temáticos com longas filas, e atualmente uma versão da Turma da Mônica Jovem em estilo mangá e Graphic Novels com estilos totalmente diferentes aos originais. E parecia que tudo que era lançado com sua assinatura, era sucesso garantido. Isso entre aqueles que começam a conhecer a turma agora (meu filho por exemplo) e os mais saudosistas (como eu).

Na infinidade de acertos em suas apostas, possui alguns projetos que não saíram do papel. Entre eles alguns personagens baseados em jogadores de futebol e estrelas do cinema como a Kim Basinger por exemplo, que até cogitou abrir um parque junto ao Mauricio (lembro de ter lido essa notícia em um almanaque).  Mas quem tem medo de errar não conhece o doce sabor da vitória. E aponto aí a sua  maior qualidade: coragem!

Parabéns Mauricio! Obrigado por ter tanta coragem, e ajudar a me alfabetizar pois aprendi a ler para poder acompanhar as histórias da Turma da Mônica. Hoje também incentivo meu filho (que já é seu fã) a ler seus quadrinhos e livros.

Grande abraço da família!

Obs.: A ilustração que acompanha essa postagem foi criada para ser enviada para o site http://turmadamonica.uol.com.br/mauricio80/ e infelizmente, por algum motivo “tecnomisterioso”, não consegui enviar por lá. Sem problemas, fica aí nossa pequena homenagem por aqui mesmo.

Tirinha – Epidemia de Zika Vírus

Zika
Zika Carnaval

 

O ZIKV, ou Zika Vírus é temida em todo o mundo. E aqui no Brasil? Ele apareceu, se alastrou e parece que está tudo bem. #coisasquenãoentendo.

O mosquito das pernas listradas, Aedes Aegypti,  já é um velho conhecido do brasileiro. Mas mesmo com todo esse tempo de convívio entre nós, não encontramos uma solução definitiva para o extermínio desse inseto. O número de casos da Dengue aumenta drasticamente todos os anos. E 2015 foi um ano especial, já que toda a população começou a estocar água de forma indevida temendo uma nova escassez de água. Outras doenças com nomes estranhos aparecem, como a Zika e a Chikungunya, e a situação só piora.

Não mate os predadores naturais do mosquito, como lagartixas, libélulas… há até grandes mosquitos que se alimentam das larvas do Aedes Aegypti, sabia? Mas o melhor seria evitarmos de deixar água parada por aí. A conscientização deveria ser o melhor método de prevenção, mas parece que as autoridades fecham os olhos perante crise na saúde. Gasta-se muito mais com tratamento de doentes do que com campanhas eficazes. E estou falando de informação e pesquisas, não de veneno, ou mata-moscas, ou raquete elétrica… Devemos aguardar a chegada do inverno para nos livrarmos dessas doenças? Assim no próximo ano, quando voltarmos aos meses chuvosos, as epidemias também retornam.

E assim as indústrias de repelentes enriquecerem, nós ficamos desamparados, e o mosquito voa por aí “sambando em nossa cara”.

Dê cor à sua ideia com a IlustratIvo!